Vou me perder no teu amor, e ai vou me encontrar
Abandonar a minha dor, e saciar-me em teu olhar
Mesmo sem nada pra te dar, eu posso dar-te o meu querer
Querer ter algo pra te dar, mesmo que faça-me sofrer
E eu imóvel aos teus pés, a vida em mim se renovou
E nos meus lábios a canção, que canto ao teu eterno amor
Pequena sou, grande Tu és, e mesmo assim te inclinas a mim
Imensidão, tão grande amor...
Doce, terno, amoroso
Pleno, suave,poderoso
Amor que vem me amar
E a nada se pode igualar
E se por ti vou me perder, e perder tudo só por ti
Nada me bastará então, será só teu meu coração
Quando em teus átrios eu entrar, vou adorar-te, meu Senhor
Teu coração meu descansar, doce regaço acolhedor, enfim
Doce, terno, amoroso
Pleno, suave,poderoso
Amor que vem me amar
E a nada se pode igualar

Vídeo incorreto?