Quando os segundos contar


Não consigo lembrar como acabou
Nem estou muito certo de como começou
É louco como nossas vidas se tornaram tão confusas
Agora somos apenas parceiros silenciosos novamente
Secretamente andando numa corda banda
Para cair nos braços do passado
Pois ainda sou o mesmo eu
Você ainda é a mesma você
Que jurou que aquelas promessas ainda se tornariam realidade

Quando seu coração implora
No meio de uma noite sem sono
E você está perdida e solitária
Quando os segundos contar
Conte comigo, conte comigo
Quando seus sonhos acabam mal
E você permanece parada na avenida
Eu estarei lá numa batida de coração
Quando os segundos contar
Conte comigo, você pode sempre contar comigo

Momentos especiais foram concedidos
Ternura que não ganhou alguma recompensa
Engraçado como você falava de "para sempre"
Apenas para acabar inquieta e entediada
Podem amados que de repente viram estranhos
Reconquistar o fogo por um momento?
Pois ainda sou o mesmo eu
Você ainda é a mesma você
As mesmas duas crianças, num fundo é a realidade

Quando seu coração implora
No meio de uma noite sem sono
E você está perdida e solitária
Quando os segundos contar
Conte comigo, conte comigo
Quando seus sonhos acabam mal
E você permanece parada na avenida
Eu estarei lá numa batida de coração
Quando os segundos contar
Conte comigo, você pode sempre contar comigo

Eu vou voltar no tempo para como costumava ser
(instrumental)
Agora é uma corrida contra o tempo
Até eu te fazer mudar de idéia

Quando seu coração implora
No meio de uma noite sem sono
E você está perdida e solitária
Quando os segundos contar
Conte comigo, conte comigo
Quando seus sonhos acabam mal
E você permanece parada na avenida
Eu estarei lá numa batida de coração
Quando os segundos contar
Conte comigo, você pode sempre contar comigo