Como relatar as grandes maravilhas
Como descrever o que aconteceu
Como escrever com tinta e papel
A história de um homem que veio do céu
E o que ele fez ninguém se esqueceu...

Multiplicou os pães pra uma multidão
Ao homem aleijado estendeu a mão
Ressuscitou o filho da pobre mulher
Tirou da escuridão quem antes era só
Foi isso que ele fez com o cego em jericó
Opera maravilhas como Ele quer...

Curou uma mulher entre uma multidão
Quando ela lhe tocou, ela sentiu unção
Virtude e poder, que Ele à enviou
E ela foi curada instantaneamente
Foi algo glorioso, pois foi de repente
Que ela percebeu que curada ficou

(coro)
Ele é Jesus, o Nazareno
O Filho de Deus, Cordeiro Bendito!
Levanta nesta hora quem está caido
Ele orienta quem está perdido
Ele é o mesmo Cristo e nunca mudou
Dê lugar pra ele, deixe ele agir
Operando Ele quem pode impedir
Ele é soberano e nunca falhou

Jesus se encontra com um cego de nascença
E logo Ele quer provar a sua fé
Cuspiu na terra e ali mesmo fez um lodo
O lodo aplicou nos olhos do moço
E ele se lavou num tanque em siloé

E quando ele voltou já estava vendo
E agora arrependindo já estava crendo
No Filho de Deus, Jesus de Nazaré

Na angústia se encontrou com Marta e Maria
Embora Ele soubesse o que acontecia
Perguntou: - Aonde está o seu irmão?
Chegando ao sepulcro, foi logo dizendo:
- Lázaro, vem para fora, pois Eu te ordeno
Sou o Dono da Vida, A Ressurreição

(coro)
Ele é Jesus, o Nazareno
O Filho de Deus, Cordeiro Bendito!
Levanta nesta hora quem está caido
Ele orienta quem está perdido
Ele é o mesmo Cristo e nunca mudou
Dê lugar pra ele, deixe ele agir
Operando Ele quem pode impedir
Ele é soberano e nunca falhou
(2x coro)

Vídeo incorreto?