No condado eu vi
Bebendo e roubando tesouros
Malditos da noite
Malditos travessos

Estão por todos bordéis
Por todos os porões, calabouços
Secam todos os tonéis
E fogem chacoalhando os ossos

Malditos, malditos!!!
Malditos, hahahaha!!!
Malditos gnomos da noite
Bebem de tudo, pulam, circulam.
Não adianta falar.

Malditos, malditos!!!
Malditos, hahahaha!!!
Malditos gnomos da noite
Sobem na mesa e a todos perturbam
Eles não vão parar!

Maldita hora em que eu
Sem querer encontrei
Malditos da noite
Malditos travessos

Trancaram a rainha no bar
Comeram o banquete do rei
Cantando estão nos bordéis
Estão entre nós e vocês

Malditos, malditos!!!
Malditos, hahahaha!!!
Malditos gnomos da noite
Bebem de tudo, pulam, circulam.
Não adianta falar

Malditos, malditos!!!
Malditos, hahahaha!!!
Malditos gnomos da noite
Sobem na mesa e a todos perturbam
Eles não vão parar

Malditos, malditos!!!
Malditos, hahahaha!!!
Malditos gnomos da noite
Quebram garrafas, pura algazarra
Se embriagando no bar

Eu vi gnomos, todos confusos
Onde isso vai parar?
Ontem levaram meu guarda-chuva
Só pra sacanear
Esta canção está um absurdo,
É hora de acabar.

Vídeo incorreto?