A alpercata se assanha pelo seu passo
A alpercata se assanha pelo seu passo
A alpercata se assanha pelo seu passo
Alpercata me segura que eu já sei o passo

Percata véia, me conheces muito bem
O chinelo dela eu não troco por ninguém
No pé da serra a passarada a cantar
E um candeeiro alumia o seu olhar

A alpercata se assanha pelo seu passo
A alpercata se assanha pelo seu passo
A alpercata se assanha pelo seu passo
Alpercata me segura que eu já sei o passo

Percata véia, deus me dera foste tu
Que o corpo dela eu podia admirar
Saia encarnada era bordada de azul
E o seu cabelo no salão a perfumar

A alpercata se assanha pelo seu passo
A alpercata se assanha pelo seu passo
A alpercata se assanha pelo seu passo
Alpercata me segura que eu já sei o passo

Percata amiga, já estou velho e cansado
Minha morena, ainda vou te encontrar
Buscava ela na garupa do meu cavalo
E a chinela na percata ia roçar

A alpercata se assanha pelo seu passo
A alpercata se assanha pelo seu passo
A alpercata se assanha pelo seu passo
Alpercata me segura que eu já sei o passo

Vídeo incorreto?