Tô só de novo
Nem sempre a gente tem o que se quer
Papai dizia que coração de mulher
É terra que ninguém pisou

De repente você cai em si e volta
Batendo na porta, chamando meu nome
Com fome amor

Você se foi
E carregou minha estrela-guia
Foi tão ruim e disso eu já sabia

Meu coração, casa da dor
Mas quem sabe qualquer dia você volta
Batendo na porta, chamando meu nome
Com fome de amor

Vai ser tanto beijo, dengo, cafuné
Chuva de desejo, volta da maré

Vídeo incorreto?