1. Sempre avante, ó meu povo,
Vão o Reino divulgar;
Aos que querem escutar,
Com coragem ensinar
Que meu Filho, já reinante,
Para a Terra fez descer
Nosso grande inimigo.
Logo, Cristo o vai vencer.

(REFRÃO)
Nada temam, meus amados,
Nem ao homem que é cruel.
Qual menina do meu olho,
Guardarei quem for fiel.

2. Sejam muitos os perversos,
Ameacem atacar
Ou procurem enganar,
Com palavras agradar;
Não os temam, meus guerreiros,
Não desistam de lutar;
Pois vou proteger meus servos,
A vitória vou lhes dar.

(REFRÃO)
Nada temam, meus amados,
Nem ao homem que é cruel.
Qual menina do meu olho,
Guardarei quem for fiel.

3. Tenham fé: não os esqueço;
Sou escudo e poder.
Quem no campo falecer,
Logo há de reviver.
Nunca temam os que matam
Sem a alma destruir;
Sejam fiéis, perseverantes,
Para o alvo atingir.

(REFRÃO)
Nada temam, meus amados,
Nem ao homem que é cruel.
Qual menina do meu olho,
Guardarei quem for fiel.

Vídeo incorreto?