Num jornal que sempre leio procurando distração
Eu encontrei bem no meio uma grande atração
Que ia haver um grande torneio lá na minha região
Eu que sempre tive anseio num duelo de ação
Fui assistir um rodeio por nome de furacão
Eu avistei bem no meio um boi da cor de carvão
O seu nome é veludo esse boi está com tudo
Não deixa nada pro peão

Peão que de longe veio com fama e tradição
Foi dizendo sem receio já montei até no cão
Nunca precisei de freio pra montar em bicho pagão
Não vou precisar de reio pra quebrar o boi campeão
Hoje vou dar um passeio no lombo do veludão
O brinquedo ficou feio bateu com a cara no chão
O pobre peão tremendo de medo saiu correndo
E trocou de profissão

Peão que não fizer feio vai ganhar um dinheirão
Está crescendo o rateio dinheiro tem de montão
O lombo do boi é cheio mas é liso igual sabão
Pra quebrar o seu galeio duvido que tenha peão
Nesta viola que ponteio vai aqui minha opinião
Boi veludo é um esteio garantia do patrão
O boi veludo é um craque o amigo João Gargalak
Tem um tesouro na mão

Vídeo incorreto?