Meu filho ficou doente, o doutor desenganou
Eu saí desesperado procurando um curador
Mas ninguém achou remédio que curasse sua dor
E de bom Jesus do Iguape meu filhinho se lembrou.

No prazo de poucas horas sua feição mudou
Saltou da cama sorrindo foi pro terreiro e brincou
Minha mulher comovida de alegria até chorou
Viva o santo milagroso que é o pai dos sofredor.

Foi chegando o mês de agosto juntei a família inteira
Nos saímos de a pé lá pro sertão das ribeiras
Pra aquelas terras sombrias nós dormimos na esteira
Pra ver o santo Iguape nós não sentimos canseira.

Pra chegar lá em Iguape nós levamos muitos dias
Vi a igreja enfeitada e os rebentar das baterias
Meu filho cheio de fé todos os passos me seguia
De joelhos pelo chão acompanhou a romaria.

Pra subir a escadaria dei a mão pro meu filhinho
Nos pés de são bom Jesus terminou o seu caminho
Beijou seu manto vermelho, sua coroa de espinho
Lá na sala dos milagres eu deixei seu retratinho.

Vídeo incorreto?