Caboclinha malvada não me faça soluçar
Eu já tenho os olhos rasos de tanto chorar

O teu jeitinho até parece passarinho
Que cantando fica alegre sempre junto do seu ninho
Eu vivo triste soluçando no meu pinho
Sou um caboclo desprezado sem amor e sem carinho

Caboclinha malvada não me faça soluçar
Eu já tenho os olhos rasos de tanto chorar

O teu desprezo vai matando devagar
Roubando a felicidade de quem vive a te gostar
Eu vou embora vou pra bem longe morar
Eu levo como consolo tua imagem em meu olhar

Vídeo incorreto?