Um certo dia ao voltar de uma viagem
Faltou-me toda coragem ao chegar no apartamento
Bati na porta e a porta estava fechada
Passei hora amargurada no mais triste sofrimento
E por castigo para a dor ser mais patente
Meu vizinho estava ausente só à noite que voltou
Entregou-me amargurado com pena do meu estado
A chave que ela deixou

Abri a porta envolvido de emoção
Meu infeliz coração loucamente a pulsar
Entrei no quarto estava bem arrumado
Com alcova de noivado como alguém que vai se casar
Na ânsia louca esse amor foi revivendo
E as gavetas remexendo um bilhete dizia assim
Perdoe-me por favor se nunca lhe tive amor
Adeus esqueças de mim

Vídeo incorreto?