Entre as lindas florzinhas do campo.
Sob a luz de um luar cor de prata.
Eu beijei os seus lábios ouvindo.
Os acordes de uma serenata.

Muitas noites porém já passaram.
De beleza e de lindo explendor.
Para mim essas noites são tristes.
Porque vivo sem o seu amor.

Onde se encontra.
Que não vem acalmar o meu pranto.
Sigo agora vagando sozinho.
Como abelha nas flôres do campo.

Quero saber.
Porque fosse cruel para mim.
Despresou a minha serenata.
Não mereço despreso assim

Vídeo incorreto?