A noite vem com seu manto
Me cobre lentamente
Trazendo em minha mente
Lembranças de um amor
Que foi no meu passado
Minha fonte de prazer
Mas fiquei a sofrer
Neste cruel de sabor
A paixão que ainda sinto
Faz crescer meu sofrimento
Revivo em pensamento
O que eu passei com ela
E sinto no corpo inteiro
Seus lábios umedecidos
E os carinhos atrevidos
Que eu recebia dela

Refrão
Jamais senti inveja
De alguém em minha vida
Com minh'alma ferida
E meu peito a suspirar
Recordo com saudade
Os prazeres que já tive
Sinto inveja de quem vive
Ocupando o meu lugar

Vídeo incorreto?