Mato grosso é um gigante onde eu piso devagar
Eu comparo esse estado um grande jequitibá
Que faz uma sombra amiga esperando quem chegar
Este estado hospitaleiro vou falar de um mineiro
Residente em cuiabá


No dia seis de janeiro há muitos anos atrás
Nasceu na terra do milho no chão de minas gerais
Nasceu no dia de reis assim dizia seus pais
Acredito no destino vai ter sorte esse menino
Deus pra nós é bom demais


O menino foi crescendo com a fibra de mineiro
Ele pensava em silêncio seu talento era ligeiro
Honestidade e trabalho traz vitória e dinheiro
Pra ele não tinha erro começou com três bezerros
Mais tarde foi boiadeiro


Na enxada e na foice e no machado pegou
Foi carreiro foi tropeiro com caminhão trabalho
No grande jogo da vida não perdendo só ganhou
Sua estrela só brilhava Deus sempre o acompanhava por onde ele passou


Casou com dezoito anos entregou seu coração
Quem faz um bom casamento tem um tesouro na mão
Com o seu consentimento vou dar minha opinião
Sua esposa companheira no seu lar é a roseira
Cada filho é um botão


O mineiro está lá em cima lutando honestamente
Dono de uma grande empresa dá emprego a muita gente
Sendo ele o grande esteio diretor e presidente
Falo a verdade e não minto senhor Augusto Alves Pinto
É mineiro do pé quente


Sua vida é um livro aberto que nem o tempo consome
Mostrou pra filho e parente que vencer honestamente
Não é impossível pro homem

Vídeo incorreto?