O carpideiro é o nome que se dá
A quem consegue chorar sem ter nenhuma emoção
Este é o fim amargo de um carpideiro
Que ganhou muito dinheiro chorando por profissão

Era chamado de longe quando morria
Alguém que não merecia uma lágrima de ninguém
E como sempre esta farsa se pratica
Entre gente muito rica ele ganhava muito bem

Foi tão famoso entre os outros companheiros
Era o rei dos carpideiros o mais falso chorador
Foi invejado por que hoje lhe apedreja
Por isso morre de inveja por quem chora por amor

Esta seguindo o rumo que a vida traça
Pra quem não chora de graça nada sente por ninguém
Este é o fim amargo de um carpideiro
Acabou o seu dinheiro e as suas forças também

Das tantas lágrimas que ele vendeu a esmo
Para chorar por si mesmo não lhe resta uma se quer
Somente o céu quando ver seu fim chegar
Sobre ele irá chorar todo pranto que tiver

Foi tão famoso entre os outros companheiros
Era o rei dos carpideiros o mais falso chorador
Foi invejado por que hoje lhe apedreja
Por isso morre de inveja por quem chora por amor

Vídeo incorreto?