Viola chegou no mundo, solteira e sem compania
Até que um belo dia a providencia Divina mandou pra ela um parceiro
Teve um pagode em Brasilia, também o Rei do Gado
Briga de Mineiro e Italiano, Arapu e amargurado
Teve chora viola arrependida e catimbau, parece que pra avizar teve chamada a cobrar la do leito do hospital...
Daí a razão de tannnta saudade!!


Saudade bateu no peito sufocando o coração
Saudade bateu de jeito trazendo inspiração
Saudade de um grande amigo, um poeta, um campeão, que foi embora pra sempre desse mundo de ilusão...


Eu sei que você amigo consigo saudade tem...
A viola está chorando, saudade sente também...ela foi a companheira, parceira como ninguém...num soluço de saudade fazendo ponto...

Aos poetas dessa terra pesso tirar o chapéu, pra um violeiro e poeta que hoje esta la no céu
Foi ele o rei do pagode, cantador e ceresteiro...Que no peito e na viola conquistou o Brasil inteiro...
Foi ele a maior bandeira, magestade violeiro...
Saudade..quanta saudade....
Saudade de Tião Carreiro..

chora viola!

Vídeo incorreto?