O pau do pinheiro serve prá fazer viola de pinho
O braço da viola serve prá mim pontiá direitinho
Muié faladeira serve prá falá mal dos vizinho
As água que corre, corre serve prá mover moinho
Carro véio na estrada serve prá entupi o caminho.


Sapato apertado serve dói o calo quando eu piso

Negócio quando é mar feito só serve prá dar prejuízo

O dinheiro também serve pois é dele que eu preciso

As muié bonita serve prá gente perde o juízo

Os seus lábios também serve prá me dá beijo e sorriso.


Os teus beijo também serve prá me dar inspiração

A sua beleza serve prá aumenta minha paixão

Seus carinho também serve prá dobrá minha ilusão

Seu orugulho também serve prá fazê ingratidão

Seu desprezo também serve prá feri meu coração


Mocinhas de pouca idade só serve prá namorá

A sogra encrenqueira serve faiz casal separá

As muié baixinha serve já nasceram prá teimá

Os home baixinho serve prá fazê os grande brigá

Na casa que muié manda o home serve prá apanhá.

Vídeo incorreto?