Uma noite eu encontrei sentado numa carçada
um pobre véio engraxado e brincando com a mulecada
e parei para escuitar ele contar suas piada
mais quando o véio me viu me disse dando risada
se tive interessado agora vou lhe conta a minha vida passada
e foi assim seu moço, que numa noite de funçao
procurei o meu patrao por todo lado e nao achei
voltei correndo , quando na barraca entrei
nos braços da minha esposa o meu patrao encontrei

Ja fui palhaço numa grande compania
quando outra oferecia para mim bom ordenado
o meu patrao nao deixava eu sai
no outro dia sem pedi , meu salario era aumentado

E eu ficava cheio de satisfaçao
sem saber que meu patrao escondido me traia
mais todo mau que nesta terra é feito
pode crer de qualquer jeito tem que aparecer um dia

Neste momento percebendo meu fracaço
e vestido de palhaço pelas ruas eu sai
de bar em bar muitas bebida eu tomei
logo eu me embreaguei e ali mesmo eu cai

E nunca mais eu voltei pro picadeiro
sou um palhaço verdadeiro alem da profissao
porque o dinheiro da quela triste traiçao
era eu quem recebia com a minha propias mao

Porem um dia que esse infeliz morrer
pesso pra nao esquecer esse pedido que faço
na minha tampa voces podem escrever
descança aqui para sempre o verdadeiro palhaço

Vídeo incorreto?