Amar foi minha ruína

Naufragado na bebida
eu procuro a esquecer
De alguém que foi embora
atormentando o meu viver
Vivo agora pelas ruas
de bares a botequins
Trocando sempre o meu leito
por bancos de jardins

De ébrio todos me chamam
pelas ruas onde passo
Gritam zombando de mim
sorrindo do meu fracasso
Hoje sofro a grande dor
por quem mais me amou na vida
E foi me abandonar
por não ser correspondida

Enquanto sou criticado
pela alta sociedade
Com novo amor ela passa
na maior felicidade
E eu sem ninguém neste mundo
já não tenho mais ilusão
Pois perdi para sempre na vida
a dona do meu coração

Vídeo incorreto?