Fala coxim

Fala cidade querida desta saudade sem fim
Da infância de minha vida te peço fala Coxim
Fala desses rios que correm entre as moitas e capim
E da alegria que morre na minha mágoa Coxim

Fala Coxim com carinho como a distância é atroz
Quero morrer bem pertinho escutando a tua voz

"Fala da Vila Pequena, da vida calma e discreta
Que ficou sempre esta pena, que fez nascer o poeta
E fala de uma morena, que já se esqueceu de mim
Saudade que me envenena te peço, fala Coxim"

Fala do grande vazio que sinto desde que vim
Para longe dos meus rios, longe da minha Coxim
Fala dos sonhos do moço, cuja angustia não tem fim
Fala do meu Mato Grosso te peço, fala Coxim

Vídeo incorreto?