Para tornar-se um ébrio
Basta o desprezo de uma mulher
É o que está acontecendo comigo
Vivo sofrendo por quem não me quer

Quando estou pensando nela
Mais aumenta a minha dor
Mas aumenta a saudade por viver
Por viver sem seu amor

Ai ai ai; Por viver sem seu amor

E quantas vezes contemplando o seu retrato
vejo seus lábios que não cansam de sorrir
Só na bebida eu consigo aliviar
esta saudade que faz meu pranto cair
Esta taça minha triste companheira
é a herança que ela um dia me ofertou
Sem a bebida sei que não suportarei
a grande mágoa que a ingrata me deixou

Vídeo incorreto?