Caim, onde está teu irmão Abel?
Perante a voz do Sem-Fim,
Treslouca-se o homicida-réu

Mas o sangue de Caim será o sangue em Abel
Céu na terra, na terra do céu

O rangido de dentes
Se aquieta sob um teto
Serão parentes, parturiente, feto

Pelos laços fraternos Deus reconcilia, asserena
Os desafetos no altar da família
Pai, mãe, irmão, coração em pedaços
Cativa, partilha e cria laços

Um vagido corusca o luto
E a treva se reluz
Bendito é o fruto do vosso ventre

Jesus
Do vosso ventre
Ventre de Jesus...

Vídeo incorreto?