Numa igreja vem entrando tão contente
Uma senhora ajoelhando aos pés do altar
Carregando nos seus braços um inocente
Pediu ao padre o seu filho batizar.

Foi saindo com seo filho no manto
Que acabava do batismo receber
Outra mãe lastimando em triste pranto
Com o seu filho que acabava de morrer.

As duas mãe se encontraro ali na igreja
Até o padre chorou lágrimas dorida
Ver a cena dessas duas serataneja
Ver ao filho dar a sua despedida.

Cái a tarde e pouco a pouco dorme a terra
Silenciando no sertão o fim do dia
Na capelinha no arto lá da sera
O sino bate anunciando a Ave Maria.

Consolando a pobre mãe desventurada
Levando ao peito o filho morto seu amor
As duas mãe estre lágrimas banhada
Se abraçaram e choraram a mesma dor.

Vídeo incorreto?