Índia, mãe de outro tempo,
criando filho selvagem.
O mesmo amor e talento,
seu coração, sua imagem.

Mãe preta, sorriso branco,
coração cheio de dor,
tá jogada lá no canto,
criou filho do sinhô.

Mãe branca, quanta saudade
que a sua imagem traz.
Foi embora pra eternidade,
pra não vortá nunca mais.

Olha por nós, mãe querida,
nossa vida, nosso amor.
A Senhora Aparecida
é a Mãe de Nosso Senhor.

Vídeo incorreto?