Estribilho:
Vai, não vai, vai, não vai,
o balanço é muito bão,
que balança mais não cai.

E no balanço
do pandeiro do Godêncio,
a contradança do lenço,
as moça tira o rapais.
É no compasso
da sanfoninha do Zé,
no baile o arrasta-pé
que balança mais não cai.

Vai, não vai...

O limpa-banco,
todo mundo sai dançando,
até as véia requebrando
o balança mais não cai.
O Zé do Rancho
namorando co'a Maria,
a noiva do Zacaria
que deixou ele pra trais.

Vai, não vai...

O Zacaria
deu um tiro no lampião
e gritô na escuridão: -
Hoje daqui ninguém sai.
O sanfoneiro
saiu co fole rasgado,
pegou fogo o impalizado
e ninguém balançou mais.

Vai, não vai...

Vídeo incorreto?