Eu não sei por que te quero,
Tanto, tanto é o meu sofrer.
Sempre choro quando eu canto,
Se me querias tanto, hoje não me podes ver.

Ó pranto amargo, pobre coração.
Se me abandona, vou morrendo de paixão.

Do teus beijos e carinho só tenho recordação,
Relembrando com saudade nossa felicidade,
Hoje triste solidão.

Ó pranto amargo, pobre coração.
Se me abandona, vou morrendo de paixão.

Vídeo incorreto?