Um ricaço industriar na Aparecida chegô.
Com o seu carro de luxo perto da igreja parô.
Com a roupa toda suja nessa hora ali passô.
um senhor de meia-idade, o grã-fino lhe chamô.

Escuita aqui meu caboclo, quanto dia ocê não come?
Toma aqui este dinheiro vai matar a tua fome.
O estranho respondeu: - O senhor vai desculpá
em dizê que seu dinheiro eu não vou podê aceitá.

Eu não sou nenhum mindingo caboclo de muita fé
pra cumprir minha promessa todo ano venho a pé.
Obrigado pela esmola dinheiro eu tenho pra dá.
Sou o maior fazendeiro do Estado do Paraná.

Vídeo incorreto?