Por toda minha vida eu tenho sido ingrato
Eu sempre estive andando pelo lado errado
Só Deus sabe como eu nunca fui domado
E desde o berço eu venho vindo desregrado

E no final do dia ao rolar os dados
Trancado sozinho no escuro do meu quarto
Eu sinto arder as cicatrizes do passado

Então Senhor, me liberte por favor
me traga a salvação
Me mostre o caminho
Que eu visto a minha própria coroa de espinhos

Tenho sido guiado pelos sete pecados
Me sinto velho, fraco e cansado
Meu espírito está acorrentado
Soando como um violão desafinado

E no final do dia ao rolar os dados
Trancado sozinho no escuro do meu quarto
Eu sinto arder as cicatrizes do passado

Então Senhor... (2X)

Vídeo incorreto?