Dói muito ficar só
E toda vez que eu me lembro
Eu me arrependo do dia em que te matei


Dói muito ficar só
E toda vez que eu me lembro
Eu me arrependo do dia em que te matei

O primeiro tiro eu errei
No segundo eu estourei
os seus miolos e os seus olhos


Então eu te abracei e desmoronei
Sob um salgueiro eu te enterrei

Sozinho na prisão
Eu chamo o seu nome em vão
Ficou guardada sempre em meu coração


Então eu te abracei e desmoronei
Sob um salgueiro eu te enterrei

Sozinho na prisão
Eu chamo o seu nome em vão
Ficou guardada sempre em meu coração

Vídeo incorreto?