Em suas costas
Vive uma sombra
Você não vê
E nos piores momentos de sua vida,
Ela destrói, acaba com você.

Cega seus olhos
Comanda suas mãos

Mas depois você
Nada lembrará
E viverá a agonia
Da desgraça que causou,
Da tragédia que formou e da vida que tomou.

Obsessão

Você não percebe,
Mas ela está lá
No seu vício rotineiro
Você a sustenta

Tal qual um fantoche
Nas mãos das sombras
Você as sustenta.

Sua vista escurecida, sua mente perturbada
Ela te persegue cada noite e cada dia
Sua vida é uma utopia, apenas ilusão
Você não tenta se livrar dessa eterna obsessão.

Vídeo incorreto?