Todo dia de manhã
quando eu pego o Butantã
para ir trampar
Eu passo a catraca
e vejo a mesma gata
sentada no mesmo lugar
Eu sento no meu banco
e fico observando
sem coragem de chegar
E ela sem ninguém
escutando walkman
às vezes lança um olhar
E nós vamos flertando
o ônibus rodando
vez em quando ela sorri
Quando o clima tá legal
ela puxa o sinal
e desce no shopping Morumbi
Ela não diz nada
ela não diz nada
e desce no shopping morumbi

E eu não faço nada

eu não faço nada

e fico parado a sorrir

Ela sai do coletivo

e me deixa iludido

garotinha eu sou seu fã

Mas olha que bobagem

Vou criar coragem

Quem sabe chego nela amanhã