Que nome tem o vento
Que no exato momento
Me tira de um lado, e me joga pra lá...
Será o vento do meu pensamento
Feito repente
Que brinca com a gente
Como pipa no ar

Queria que meu vento trouxesse
Alento para o sofrimento do povo
Que há muito
Não sabe de brisa ou de mar
Agora minha mente não pára
E o vento arteiro
Me carreaga inteiro
Pra qualquer lugar

Queria saber o seu nome
Queria saber sua fonte
Sua força..
Seu cheiro pra te abraçar
Mas é claro teu cheiro, teu nome
É claro que o teu pensamento
É como vento
Não se pode pegar...

Sabendo de tudo
Covarde e astuto
Meu pensamento quem sabe meu vento
Desenha no tempo teu cheiro e olhar...

Queria saber o seu nome
Queria saber sua fonte
Sua força..
Seu cheiro pra te abraçar
Mas é claro teu cheiro, teu nome
É claro que o teu pensamento
É como vento
Não se pode pegar...


Sinto o vento, teu cheiro me abraçar...
Sinto o vento, teu cheiro me abraçar...
Sinto o vento, teu cheiro me abraçar...
Sinto o vento, teu cheiro me abraçar...
Sinto o vento, teu cheiro me abraçar...

Vídeo incorreto?