Ai que saudade da Bahia, que saudade dá
Do tempero da moqueca que só tem por lá
Daquela linda baiana e do acarajé
Ai que saudade que eu tenho la de Itacaré

Deixei minha canoa e minha rede lá no canto
Ai que saudade que eu tenho lá do Rezende
Do vendo bate na cara e coqueiro balançando

Pois lá tem:
Rio de contas, coroinha e também a concha
E o farol pra iluminar
E pra ver o por do sol, vá pra ponta do xeréu
Ver o sol queimando a terra e o vermelho lá do céu

Como é bom de se banhar
Lá no Manfue o guaiamu
E como é lindo o aratu
E depois se lambuzar na festa do caruru

Vídeo incorreto?