Quem leva a vida que levo
Conhece meu padecer
Vivendo longe de casa
Não vejo o filho crescer
Ausente de minha esposa
Tudo pode acontecer
Minha filha que esta mocinha
Eu não posso proteger

Essa é minha vida na profissão
De carga pesada tenho nas mãos
Levando saudade no coração
Eu sou motorista de caminhão

A solidão me acompanha
E sem fim é meu caminho
No movimento da estrada
Eu me sinto tão sozinho
O sol queimando meu rosto
As vezes durmo sentado
Mais tenho que prosseguir
Pra dar conta do recado

Vídeo incorreto?