Toda noite eu dava uma,
toda noite eu dava uma
toda noite eu dava uma
de machão pra cima dela
mais quando a boca esquentava
eu voava pela janela

Eu cheguei na minha casa
minha mulher não estava
veja só que confusão
meu retrato rabiscado
e achei por todo lado
pedaço do meo violão
o que tinha sem rasga
um carne para pagar
já vencida a prestção
eu senti uma catinga
era meu litrão de pinga
que ela esbagasou no chão

toda noite eu dava uma...

fui correndo olhar primeiro
se ainda estava o dinheiro
lá debaixo do cochão
só encontrei esse bilhete
seu pilantra do cacete
você tá na minha mão
vo na vara de familia
para mim e minha filha
você tem que dar penção
agora seu bola mucha
tudo que eu levei de bucha
vo cobra com correção.

toda noite eu dava uma...

Vídeo incorreto?