Meu coração faz dum, dum, dum
É o zabumba batucando no forró
Meu coração faz dum, dum, dum
Com muito jeito vai batendo satisfeito
No compasso do meu peito
Fazendo forrobodó

A gente vai vivendo assim no tororó
Levando a vida no balanço do forró

Meu forró é meu canto
Quem canta meu povo os segredos da vida
Quem não amou, quem não viveu
Quem não chorou, quem não sofreu
Quem nessa vida nunca teve o seu xodó
Uma saudade que amargou que nem jiló
Um coração que bateu tanto que fez dó
A nossa vida é como se fosse um forró.

Vídeo incorreto?