Venho do sertão lhe contar
Histórias para dormir
Trago a saudade na sola
Das alpergatas de couro

Trago o umbuzeiro no bolso
Mandacaru na sacola
No desencanto a viola
Com corda de micuri

Meu carro de boi nas nuvens voôu
Gemendo levou consigo meu sonho
O sol fundiu-se com a terra e sangrou
E afugentou meu rebanho

Meu coração se foi junto pro além
Nas patas de um boi que fugiu disparado
Meu coração não tem passo
Meu pasto deserto já não tem mais gado

Vídeo incorreto?