deixei na minha terra
entre serra um sol verduto
alvoz que racha o solo
carrasco que queima tudo

sou do nordeste senhor
e se me faz um favor
ando em busca de trabalho
preciso de agasalho
faz frio na minha rede

sou antes de tudo um forte
sertanejo é o meu nome
mas é triste passar fome
quem já sentiu tanta sede
mas é triste passar fome
quem já sentiu tanta sede

vou vivendo aqui no sul
até deus no céu azul
ter pena da minha mágoa
jogar agua sobre o chão

só quando brotar a planta
quando voltar asa branca
voltarei pro meu sertão
quando voltar asa branca
voltarei pro meu sertão

Vídeo incorreto?