No dia do casamento
Da sua filha juliana
Ele não quis sanfoneiro
Foi pro rio de janeiro
Convidou benê nunes
Pra tocar, olê, lê, olá, lá

Este dia bodocó
Faltou pouco pra virá
Todo mundo que mora por ali

Esse dia num pôde arresisti
Quando ouvia o toque do piano
Rebolava, saia arrequebrando

Até zé macaxera que era o noivo

Dançou a noite inteira sem pará
Que é costume de todos que se casa
Ficá doido pra festa se acabá

Vídeo incorreto?