Nas coisas do seu coração
Eu quero ser a razão
Eu quero ser seu favo de mel
Pra te evitar amargura
Pra te evitar desventura
Pra te enquadrar bem no papel

O mundo
Teatro
Às vezes lindo
Às vezes ingrato

Na balança de sua vida
Quero ser seu peso e medida
Eu quero ser o marco fiel
Prá te evitar o desnível
Prá te evitar o insensível
Prá que não vivas aí ao léo

No amôr
Menina
A gente
É quem inventa a sina

Te amo ,te adoro,
Te quero todinha
No chão ou na cama
No quarto ou cozinha
Quero , como eu te quero,
Aonde e como for
Quero explodir de vez
Dentro do meu peito
Esse imenso amôr..........

Vídeo incorreto?