E o pilão já bateu
Tum, tum, tum
O martelo na enxada
Ôi, tá, tá
No quintal uma palha
De feijão
Muito milho e algodão
No Paiol
E a cabrueira no final
Da feira
Dança em todo pé
De ladeira
O verdadeiro forró
E zuada, eita zueira
Eita nós, eita sertão
Meu sertão
De seca, enchente
De promessa e precisão
Enquanto isso
A gente vadeia
Namora, gandeia até chegar
Outro verão

Vídeo incorreto?