chega! estou cansada de ver os seus olhos me censurando.
estou cansada de ouvir falar em felicidade pré-fabricada. estou cansada de tentar entender a sua lógica
idiota. estou cansada de te ver quando me olho no espelho. coletivizar a mente do indivíduo, é negar que
existam diferenças. aprisionar a espontaneidade é banir sua própria essência. vou juntar os cacos do que
sobrou e fazer dessas cinzas um novo ponto de partida. erguer a cabeça e construir aqui um mundo novo,
onde nem eu e nem você precise matar para viver. onde diferenças não sejam podadas. nem bocas sejam
caladas. aonde os valores não venham das cifra$ e unidade seja então a razão! chega!

Vídeo incorreto?