Pra você que transforma brisa em brasa,
Fóssil em míssil.
Pra você que transforma rímel em rima,
Fuga em fogo.
Pra você que transforma linha em lenha,
Careta em carinho.
Pra você que transforma calma em chama,
Cama em caminho.
Pra você que transforma rambo em rimbauld,
Pouco em palco.
Pra você que transforma acordo em acordes,
A dor em roda.
Pra você que transforma heavy em leve,
Cansaço em canção.
Pra você que transforma em mim o que virá em verão.

Eu canto, meu amor, até chegar no mar.

Vídeo incorreto?