Um guerrilheiro só
Fez a revolução
Um muro virou pó
Alem da escuridão

Quem luta por um manifesto
Do sonho não precisa acordar
Por estar
Refletindo-se num gesto
Quem tem o coração desperto
Não veste a dor da vitima no olhar
Por estar
Do possível sempre perto

Hoje cedo o espelho veio me dizer
Hoje cedo o espelho veio me dizer

Um guerrilheiro só
Fez a revolução
Um muro virou pó
Alem da escuridão
Eu vivo preso nesse medo de me conhecer
Eu sempre fico nesse vicio de me esconder
E um guerrilheiro só
Fez a revolução

Quem cria o próprio universo
Não busca redenção no seu chorar
Por estar
Numa chama sempre imerso
Eu quero ter o olho aberto
Eu quero ter a causa pra abraçar
Por estar
Tão distante do que e certo

Hoje cedo o espelho veio me dizer
Hoje cedo o espelho veio me dizer

Vídeo incorreto?