Sei que ela virá ao meu encontro
Minha casa vai estar, pronta do seu jeito
Sei, que ela abrirá todas as portas
Essa noite eu vou ficar na janela
Sem dormir pra ver você chegar

Sopra o vento lá fora
Tempestade que chega ao cais
Te espero um dia a mais
Conto o tempo e as horas
Vou seguir sem olhar pra trás
Te espero um dia a mais

Sei, que ela será o meu abrigo
Quando o inverno me alcançar
Cobre o meu peito
Sei, que ela é real e de repente
O horizonte toca o mar da cadeira da varanda eu guardo seu lugar

Sopra o vento lá fora
Tempestade que chega ao cais
Te espero um dia a mais
Conto o tempo e as horas
Vou seguir sem olhar pra trás
Te espero um dia a mais

Deixo o fogo aceso na lareira
E a chave pendurada no portão, no portão
Mesa posta, sempre a cama feita
Só me resta te esperar, te esperar

Sopra o vento lá fora
Tempestade que chega ao cais
Te espero um dia a mais
Conto o tempo e as horas
Vou seguir sem olhar pra trás
Te espero um dia a mais

Vídeo incorreto?