Sabes quantas vezes as fortes lutas
Bateram em sua porta um imenso mar de lágrimas
Nos olhos a rolar desacreditado você diz que vai parar

Lembranças de um passado tão sublime na presença de teu deus
A esperança pouco a pouco você já perdeu
Em seus lábios já não cantam mais a canção de vitória
Tua oração parece não subir pra glória

E você vai chorando as forças se acabando
Aprisionado coração contrito peito apertado
Mais hoje se levante teu deus está aqui
Te dizendo filho hoje mesmo eu vou agir

E voltarás à esperança hoje é dia de bonança
Deus lhe diz agora cante tome posse da vitória
Pois acaba de entrar neste lugar o temporal de glória
Aquele que zombou de ti agora tem que aplaudir
E quem ousou desafiar vai-te que lhe anunciar
Saia da cova hoje deus te aprova você vai governar

Vídeo incorreto?