Eu na marginal no trânsito parado
Quando olhei pro lado não acreditei
Um rosto tão suave e delicado
E naquele instante eu me apaixonei
Seguimos em frente e ela percebeu
Que o meu olhar se perdia no seu
Coincindêcia ou não ela ouvia o meu cd
Com som bem alto pra eu perceber

REFRÃO:
E ela enlouqueceu pediu pra eu parar
Eu nem acreditei que o lance ia rolar
Ela reconheceu pois era minha fã
Fomos pro meu apê nos amamos sobre o som do Djavan

Eu na marginal...

Vídeo incorreto?