Estou morrendo
como morre uma foto
Sufocada num álbum
de recordações
O rosto já quase sem brilho
O mesmo sorriso amarelo
E aquele jeito bobo
de quem vive por viver.

Estou morrendo
como morre uma foto
Entre maus comentários
e olhos me perdi
Envelhecendo num mesmo gesto
Mecânico e descomprometido
Entrego diariamente
meu desejo de crescer.

//Paralisei minha vida
que geme guardada
Matei minha busca
Fechei minha estrada
Vou dar meia volta
Pra recomeçar.
Eu não posso escorrer
pelo mundo
Vivendo por nada
Num eterno ESTADO
DE FOTOGRAFIA
Não tenho direito
de me acomodar// (2x)

Paralisei minha vida
que geme guardada
Matei minha busca
Fechei minha estrada
Vou dar meia volta
Pra recomeçar...

OBS.: Outro inesquecível
sucesso de Vanusa que
integra o elepê "Vanusa
30 anos" - Som Livre - 1977.
CD: Série Maxximum -
Sony & BMG - 2005.
A canção fez parte da
trilha sonora da
novela "O Astro" da
Rede Globo, sendo tema
da personagem "José".

Vídeo incorreto?