Um gole de conhaque
Um riso sensual
Cultura de almanaque
Um corpo sem igual

Um papo na esquina
Mulher ou futebol
Seu rosto se ilumina
À luz de meu farol

Você pega o volante
Eu sento ao seu lado
Depois todo galante
Se faz de namorado.

E eu apavorada
Percebo seu desejo
Me entrego e sou amada
No mais profundo beijo

Eu entro na sua
Você me envolve toda
Me faz feito rainha
De uma revista boba.

Um gole de conhaque
Um riso sensual...

Vídeo incorreto?