Ai, amor!
Não esconda
Seus olhos dos meus
Nem se agarre
Nessa dor que se perdeu

Tenho em mim todo brilho
Da noite pra te clarear!

Ai, amor!
Não se deixe queimar
Nesse fogo sem luz
Nem se deixe envergar
Sob o peso dessa cruz

Tenho em mim todo o brilho
Da noite p'ra te clarear!

Eu tenho minha alegria pra te dar
E minha lágrima para navegar
O meu ciúme pra te envaidecer
Minha frieza p'ra te castigar

Tenho a insegurança
Que você quer
E a fortaleza pra te entender

Quando o teu fogo se negar
E te sangrar na noite
Se desnude
Como as flores sem medo
Pra não amedrontar
Minha nudez

E não esconda de mim
Teus segredos
Pra não envergonhar
Os meus!

Vídeo incorreto?